Santo Augusto - Domingo, 19 de Novembro de 2017

Notícia

1ª Semana de Reflexão Sobre os Impactos da Violência na Vida Humana
23/05/2017 / 1ª Semana de Reflexão Sobre os Impactos da Violência na Vida Humana


 1ª Semana de Reflexão Sobre os Impactos da Violência na Vida Humana mobilizou a comunidade Santoaugustense.

Durante os dias 16, 17 e 18 de maio de 2017, realizou-se a 1ª Semana de Reflexão Sobre os Impactos da Violência na Vida Humana, promovida pela Secretaria Municipal de Habitação, Assistência Social e Cidadania, em conjunto com o Centro de Referência Especializado de assistência Social - CREAS, Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Momento em que ocorreram diversos eventos de reflexão, roda de conversa e manifestações culturais.

No dia 16 de maio, pela parte da manhã, aconteceu uma Caminhada de Mobilização pela Avenida Central até a Praça Pompílio Silva, onde foi realizada a abertura oficial da semana. Na abertura oficial, estiveram presentes estudantes e professores da rede municipal, estadual, federal e autoridades locais.

O Prefeito Naldo Wiegert, fazendo uso da palavra, falou que o combate à violência é uma prioridade da administração municipal. Relatou que esteve recentemente em reunião com o Secretário da Segurança Pública, Cezar Augusto Schirmer, para falar sobre a segurança pública do município e para buscar uma parceria no combate ao crime, como a aquisição de equipamentos de vídeo monitoramento e de um veículo para a Brigada Militar. “Isto tudo são ações que estamos desenvolvendo, mas de forma curativa do problema e o que nós precisamos é coibir a violência. Por isso, o ato mais importante de todos está começando aqui e significa que nós queremos que a nossa população se conscientize de que a violência não leva a nada e que apenas provoca dor e sofrimento em todos, inclusive no agressor” - acrescentou o Prefeito Naldo.

Um dos momentos marcantes da abertura aconteceu quando a Coordenadora de Habitação e Assistência Social, Elisa W. Tonetto, pediu para que todos os presentes fizessem um minuto de barulho com gritos, apitos e palmas em nome de todas as vítimas de violência, que na maioria das vezes, sofrem caladas. Finalizando este ato, a Banda Musical do Instituto Federal Farroupilha Campus Santo Augusto realizou uma apresentação para o público que prestigiou o evento.

Também no dia 16, na parte da noite nas dependências do CTG Pompílio Silva, aconteceu a entrega de certificados de participação e premiação aos vencedores do concurso cultural alusivo à semana, referente a escolha da frase e imagem símbolo, sendo que o 1° lugar na categoria de Ilustração ficou com Bianca Tainara Pereira e o 1° lugar na categoria Frase, ficou com Raquel dos Santos Siqueira.

Após a premiação, houve a apresentação da peça teatral "Quando o Segredo Gritar”, com o Grupo O Teatro Social Tio Tony, a qual teve a participação expressiva de mais de 300 pessoas, causando impacto aos presentes por se tratar de uma peça baseada em documentários sobre abuso infantil e que retrata a história de uma menina que era abusada por um familiar.

No dia 17, tanto na parte da manhã quanto da tarde, realizou-se a oficina reflexiva “Impactos da Violência na Vida Humana”, com a mediadora Ana Maria F. Pincolini, no CTG Pompílio Silva. No turno da manhã, a oficina foi voltada aos profissionais de Assistência Social, Educação, Saúde, Conselho Tutelar, Ministério Público e Defensoria Pública com o objetivo de refletir como trabalhar cotidianamente com a violência e sobre os impactos gerados por ela.

Pela parte da tarde, a oficina contou com a presença dos usuários do CRAS, CREAS e Centro Social do Idoso e também comunidade em geral e teve como proposta a reflexão, de forma ampla, sobre a temática da violência, buscando compreender os efeitos, estereótipos e preconceitos gerados por ela historicamente.

Na quinta-feira, dia 18, houve o encerramento da semana com a 1ª Conferência Municipal da Saúde das Mulheres, com a temática: Desafios para Integralidade com Equidade, direcionando o olhar para as mulheres vítimas de violência, com destaque à violência doméstica.

A Secretária Municipal de Habitação, Assistência Social e Cidadania, Márcia Regina Fattore, relatou a importância do debate sobre este assunto tão delicado como a violência, onde muitas vezes quem sofre uma agressão seja física ou moral, não encontra a segurança necessária para buscar ajuda.

A 1ª Semana de Reflexão Sobre os Impactos da Violência na Vida Humana representou o início de uma mudança de atitude, o despertar de um olhar mais apurado e sensível aos acontecimentos ao nosso redor e, principalmente, um marco no desenvolvimento de ações para que população viva com mais segurança e menos violência.